Pesquisa online elege o patrono do 5º Salão de Artes Plásticas de Mogi das Cruzes

Imprimir PDF



Uma pesquisa online realizada pelo site da Secretaria Municipal de Cultura entre os dias 11 e 30 de abril culminou com a eleição de Umberê Normando Pinto como o patrono da 5ª edição do Salão de Artes Plásticas de Mogi das Cruzes. Foram ao todo 194 indicações para o homenageado, o que correspondeu a 69% do total dos votos.

O processo como um todo recebeu um total de 280 indicações e 50 nomes foram aventados. Desses 50, 21 foram desconsiderados por não se tratar de homenagem póstuma e também por outros quesitos referentes à atuação no segmento artístico.

Os nomes mais votados após Umberê foram Cláudio Assis Leme, Wilma Ramos, Maria José Martins de Camargo, Antonio Wuo e Antonius Josephus Van de Wiel.

Este é o segundo ano consecutivo em que a Secretaria de Cultura democratiza o processo de seleção do patrono do Salão de Artes, por meio de enquete online. A exposição vai acontecer no mês de novembro e as inscrições para os interessados serão abertas na próxima terça-feira (8 de maio), a partir de edital que será disponibilizado para consulta no site da Secretaria de Cultura. O período de inscrição vai se estender até o dia 6 de julho.

No ano passado, o homenageado do Salão de Artes foi Idalício da Silva. Em 2016 a homenagem ficou com Darcy Cruz e, em 2015, Miguel Barros, mais conhecido como Barros, o Mulato, foi o patrono da mostra.

O Salão de Artes de Mogi das Cruzes é um evento que busca fomentar, promover e difundir a produção artística, além de estimular a reflexão e o intercâmbio de ideias no campo das artes visuais, contribuindo para a formação de público e para a construção da história da arte mais recente no país.

Sobre Umberê

Umberê Normando Pinto é nascido em São Paulo, mas sempre manteve uma relação muito forte com Mogi das Cruzes, considerando-a como a cidade do seu coração. Constituiu a família em território mogiano após se casar com Lúcia Menegatti.

Na arte, sempre mostrou seu interesse pela vida marinha e os meios de locomoção de antigamente, como as grandes embarcações que levavam os homens para desbravar terras e praticar o comércio.

Umberê foi artista plástico por formação e sempre atuou como professor nas escolas públicas e particulares de Mogi das Cruzes.

Dedicou-se a mostrar seu trabalho principalmente nas cidades litorâneas.

Em 2016, pode mostrar um pouco da sua arte no novo Centro Cultural de Mogi das Cruzes, quando participou da Mostra Repertório, Memória, Vivência - "A vida no mar".

Umberê faleceu no mesmo ano, deixando saudades em seus familiares, alunos e amigos.

Resultado da votação

Umberê Normando Pinto - 194 indicações (69%)

Cláudio Assis Leme - 24 indicações (8,5%)

Wilma Ramos - 20 indicações (7%)

Maria José Martins de Camargo - 11 indicações (3%)

Antonio Wuo - 4 indicações (1,5%)

Antonius Josephus Maria Van de Wiel - 4 indicações (1,5%)

Os demais receberam dois ou três votos, contabilizando 9,5%

 





   Rua Cel. Souza Franco, 795, Centro


Mogi das Cruzes/SP - CEP 08710-020



   11 4798-6900        
 culturamogi@pmmc.com.br


 

 


 
 
 
 

 Cultura 
   Mogi

 

Cultura Mogi

  

Theatro Vasques

  

Centro Cultural

  

Cultura Mogi

  

Cultura Mogi