Centro Cultural completa 4 anos e atrai mensalmente público de 10 mil pessoas

Imprimir PDF



O Centro Cultural de Mogi das Cruzes acaba de completar quatro anos de funcionamento. Inaugurado em 4 de setembro de 2015, o espaço recebe, em média, público de 10 mil pessoas por mês, em atividades diversas, realizadas em seus três andares, que abrigam espaços com distintas vocações, como a Galeria de Artes Wanda Coelho Barbieri, a Sala Multiuso Wilma Ramos, o Espaço de Convivência Ilda Veri Lopes e a Biblioteca Municipal Benedicto Sérvulo de Sant´Anna.

O cálculo foi feito com base nas centenas de atividades realizadas, entre ações permanentes e pontuais. Dos programas realizados no espaço, podem ser citados os encontros do coletivo Café Literário, que acontecem sempre aos sábados, o Clube do Xadrez, que é sempre às sextas-feiras, os cursos de narração de histórias e também as exibições de filme, geralmente feitas em parceria com programas estaduais e federais, como Pontos MIS e a Programadora Brasil.

O Centro Cultural também já foi palco para múltiplas oficinas artísticas, como a “Mulheres em Foco”, realizada pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, as oficinas do segmento audiovisual trazidas pela parceria com o programa Pontos MIS e também o Laboratório das Artes Mogianas (LAM), um conjunto de atividades de formação criado pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo.

Outros eventos já realizados repetidas vezes no Centro Cultural são o encontro Psicanálise e Cinema, que analisa filmes, cursos de narração de histórias e também lançamentos de CDs e livros.

Um dos eventos que mais trouxe público ao Centro Cultural, muito embora esteja apenas em sua segunda edição, é a Semana Nerd/Geek. Iniciada em 2018, a ação já reuniu sozinha quase 3 mil pessoas, em atividades como exposições, jogos de tabuleiro, bate-papo, shows e os Encontros de RPG de Mogi das Cruzes.

Também foram realizadas dezenas de visitas em grupos ao Centro Cultural, além de atividades como a montagem do xadrez gigante, que ocorreu por 12 vezes, bem como ações feitas em comemoração aos aniversários da Biblioteca Municipal. Os shows musicais e espetáculos teatrais também foram responsáveis por boa parte da movimentação no espaço cultural ao longo dos últimos anos.

Na galeria de artes, a rotatividade de mostras é igualmente intensa, com exposições que se estendem ao longo de todo o ano. Algumas das mais recentes e que podem ser citadas são “Kaunas”, feita em parceria com o Consulado Geral da República da Lituânia, “Galinhos Entre Nós”, assinada pelo artista plástico mogiano Mauricio Chaer, a Mostra Coletiva de Artes, de Adelaide Swettler e seus alunos, a exposição “Batman 80 Anos” e também a mostra “Deus Vos Salve esse Devoto”.

Estrutura

O Centro Cultural de Mogi é composto por quatro espaços de cultura, distribuídos por três andares. No térreo, há a Galeria de Artes “Wanda Coelho Barbieri”, com área total de 195 metros quadrados. Destinada especificamente para mostras de obras de arte, ela possui recepção, administração, sanitários acessíveis, área de exposição, reserva técnica e recursos expositivos, como cubos, biombos e um sistema de iluminação específico para a atividade a que se destina, com trilhos eletrificados e spots direcionais, em LED.

Já a Sala Multiuso “Wilma Ramos” tem área de 202 metros quadrados, comporta 150 pessoas sentadas e tem lotação máxima de 200 espectadores. Ela é dotada de avançados recursos técnicos de som e luz, já que é um local destinado a apresentações artísticas dos mais diversos segmentos, como shows musicais, teatro, circo, dança, sessões de cinema, bem como reuniões em formatos mais simples. Além de praticáveis móveis, que garantem a versatilidade da disposição do palco, a sala possui também um camarim, projetor, tela de projeção e máquina de fumaça

Também no primeiro andar, ao lado da Sala Multiuso, há uma área, de 87 metros quadrados, intitulada oficialmente Área de Convivência “Ilda Veri Lopes”. O objetivo deste espaço é oferecer um ambiente confortável e aconchegante para a plateia, enquanto aguarda o início da apresentação artística.

A área do segundo andar, onde está a Biblioteca Municipal Benedicto Sérvulo de Santana, é a mais ampla, com 322 metros quadrados. O local possui quiosque de Internet, onde a população pode fazer pesquisas e consultas e oferece também acesso livre ao acervo, que é composto por mais de 35 mil títulos, banheiros, biblioteca infantil, espaço para leitura de periódicos e o Clube de Xadrez.

 




   Rua Cel. Souza Franco, 795, Centro


Mogi das Cruzes/SP - CEP 08710-020



   11 4798-6900        
 culturamogi@pmmc.com.br


 

 


 
 
 
 

 Cultura 
   Mogi

 

Cultura Mogi

  

Theatro Vasques

  

Centro Cultural

  

Cultura Mogi

  

Cultura Mogi