1º Seminário de Turismo coloca em debate o desenvolvimento turístico de Mogi das Cruzes

Imprimir PDF



O prefeito Marcus Melo participou, na manhã desta quarta-feira (13/11), da abertura do 1º Seminário de Turismo de Mogi das Cruzes, que foi realizado no Centro Cultural de Mogi das Cruzes. O evento se estendeu por todo o dia e reuniu diversos profissionais do ramo, não só de Mogi, como também de outras cidades, que colocaram em debate temas relevantes ligados ao desenvolvimento do turismo local.

“Temos uma grande oportunidade de desenvolvimento turístico na nossa cidade, porém tudo vai depender das nossas ações e como nos unimos e nos organizamos para concretizá-las. Precisamos trabalhar juntos, valorizando as características de Mogi, dialogando e contando com a participação de todos”, destacou o prefeito, Marcus Melo.

O secretário de Gabinete da Prefeitura de Mogi das Cruzes, Romildo Campello, lembrou que acaba de haver uma mudança na legislação do programa Municípios de Interesse Turístico (MIT), por meio da qual os municípios com o título de MIT serão avaliados e classificados em um ranking. A partir disso, eles poderão evoluir dentro do programa, passando para o título de estância turística, por exemplo, ou perderem o título de MIT, caso não estejam em boas condições.

“Precisamos nos preparar para isso, para mantermos o título e os investimentos que são possibilitados a partir dele. Potencial turístico a cidade tem de sobra, mas precisamos realmente estruturar isso, para que a cultura e o turismo se tornem sólidos vetores do desenvolvimento econômico da cidade”, pontuou Campello.

O secretário municipal de Culltura e Turismo, lembrou dos quase R$ 6 milhões que o município conseguiu captar ao longo dos últimos dois anos, por meio do MIT e também junto ao Ministério do Turismo. E lembrou que este seminário vem num momento importante, em que a cidade completa dois anos como MIT e começa a investir de forma mais vultuosa em sua estrutura turística, pensando no futuro da atividade.

A primeira palestrante do dia foi a escritora e consultora de turismo digital, Marta Poggi, que trouxe aos presentes a temática “Turismo Inteligente: Como embarcar nesta nova era?”. Quem conduziu a segunda palestra, ainda no período da manhã, foi o empresário José Fernandes, que é proprietário de uma rede de hotéis na cidade de Socorro, no interior do Estado de São Paulo.

Após pausa para o almoço, teve início a programação da tarde, com a palestra "Como se tornar Município de Interesse Turístico?", conduzida por Waldirene Ricanelo, que é diretora técnica da Associação de Municípios de Interesse Turístico do Estado de São Paulo (Amitesp). Depois, foi a vez de Roberta Oliveira e Carolina Paes de Andrade, ambas representantes do Serviço Social do Comércio (Sesc), falarem sobre o programa de turismo do Sesc, que é desenvolvido desde o ano de 1948.

A partir das 15h30, teve início o painel “Ecoturismo e Preservação Ambiental: Turismo Consciente”, que contou com a participação da analista de sustentabilidade do Instituto Ecofuturo, Cleia Araújo e da gestora da Estação Ecológica da Serra do Itapety, Lucila Manzatti. A mediação ficou sob a responsabilidade do secretário municipal do Verde e Meio Ambiente e presidente do Conselho Mogiano do Meio Ambiente (COMOMA), Daniel Teixeira de Lima.

O 1º Seminário de Turismo de Mogi das Cruzes teve apoio do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), do Conselho Municipal de Turismo (Comtur) e do Circuito Turístico das Nascentes. Também marcaram presença no evento o vice-prefeito Juliano Abe e gerente do escritório regional do Sebrae no Alto Tietê, Sérgio Gromick. (Lívia de Sá)

 



     


   Rua Cel. Souza Franco, 795, Centro


Mogi das Cruzes/SP - CEP 08710-020




   11  4798-6900
 
 culturamogi@pmmc.com.br


 

 


 
 
 
 

 Cultura 
   Mogi

 

Cultura Mogi

  

Theatro Vasques

  

Centro Cultural

  

Cultura Mogi

  

Cultura Mogi